+55 (81) 3412 4727|contato@hsbs.com.br

4 insights importantes da Maratona da Segurança da Informação

4 insights importantes da Maratona da Segurança da Informação

4 insights importantes da Maratona da Segurança da Informação

Um insight de cada um dos 4 dias da Maratona da Segurança da Informação

Com os ataques cibernéticos crescendo em número e sofisticação, garantir a segurança da informação tem sido visto como prioridade nas empresas, ultrapassando o departamento de Tecnologia da Informação (TI) e perpassando várias áreas do negócio. 

Mas, apesar desse contexto, ainda é da TI a responsabilidade de implantar políticas e ferramentas que apoiam a Segurança da Informação, é também desse setor a atribuição de treinar os usuários para que eles tenham o conhecimento necessário sobre os ataques e as formas de prevenção.

Compilamos, em 4 dias de evento, algumas informações úteis para gestores, CEOs, CIOs e, claro, profissionais de TI e Segurança sobre soluções e ferramentas que apoiam esse processo.

Neste conteúdo, convidamos você a relembrar 4 insights importantes da Maratona da Segurança da Informação:

  • Implemente Boas Práticas de Segurança da Informação

Para ter boas práticas é importante, antes de tudo, contar com profissionais especializados em Segurança da Informação. Com o ritmo frenético da evolução dos ataques, investir em uma consultoria de segurança é um ótimo caminho para acompanhar a evolução do cibercrime e pensar processos e ferramentas voltados à proteção da sua empresa.

Depois de definir sua equipe e o parceiro que vai te apoiar na jornada rumo a uma empresa mais segura, invista em construir uma Política de Segurança da Informação bem fundamentada, que possua um alinhamento claro das normas e proibições relativas a usos de recursos e dados da empresa, otimizando os processos de negócio.

  • O Programa de compliance à Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) anda de mãos dadas com a Segurança da Informação

Assim como o departamento jurídico e de processos, a TI precisa fazer parte da estratégia de compliance de uma instituição.

A Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), por exemplo, estabelece que “os agentes de tratamento (ou as empresas) devem adotar medidas de segurança, técnicas e administrativas aptas a proteger os dados pessoais de acessos não autorizados e de situações acidentais ou ilícitas de destruição, perda, alteração, comunicação ou qualquer forma de tratamento inadequado ou ilícito”.

Portanto, a adoção de medidas, como políticas de controle de acesso, estratégias de backup, conscientização de colaboradores e adoção de ferramentas de proteção contra ameaças, são pontos necessários ao programa de compliance voltado a adequação à Lei Geral de Proteção de Dados – LGPD.

  • Treine os usuários

Com o aumento na sofisticação dos ataques de segurança da informação, é preciso reforçar sempre a necessidade de preparar as pessoas com informações sobre como os ataques ocorrem e quais as formas de se defender.

Os ataques de engenharia social são os mais comuns quando falamos de usar as pessoas como o elo frágil para acessar os dados das empresas, visto que esse meio de ataque envolve manipular as pessoas para quebrar procedimentos normais de segurança e melhores práticas.

Um bom treinamento de conscientização de segurança pode ensinar seus funcionários a reconhecer táticas de engenharia social para evitar cair em golpes, estabelecer uma cultura de segurança e elevar o nível de conscientização de prevenção de ataques na empresa. Para isso, é possível contar com o apoio de ferramentas desenvolvidas para testar os usuários, mapear e corrigir falhas antes dos atacantes as usarem como porta de entrada.

  • Os perigos da exposição de dados

Provavelmente você ou a empresa que você trabalha será vítima de ataque.

Com uma indústria de cibercrime que cresce a cada ano, é preciso estar sempre atento a novas formas de ciberataques e investir em prevenção.

É através da Segurança da Informação que os riscos de estar suscetível a um ataque ou vazamento são reduzidos a quase zero.

Lembre-se que no caso de um ciberataque bem-sucedido traz prejuízos que vão além do vazamento de dados, ele vem junto com o sabor amargo de prejuízos na confiabilidade da marca e no relacionamento com os clientes.

Para ficar por dentro das melhores práticas de Segurança da Informação, assine a nossa newsletter:

Por:

Marketing HSBS |

Publicado em:

28/07/2022 |

Categorias:

Segurança |

Tags:

Posts relacionados