Olá pessoal!

O destaque de fevereiro foi o recurso Network Watcher que está em preview em algumas regiões.

 

Nova experiência do Azure Marketplace

A cada dia que passa a nuvem facilita ainda mais as nossas vidas, com esta novidade no Marketplace é possível realizar um deploy de uma solução com apenas um clique, além disso a visualização descritiva, informação de valores entre outros dados foi melhorada afim de tornar sua experiência realmente reformulada.

Azure Network Watcher

Imagina ter os recursos de uma ferramenta de captura de pacotes de rede integrada a console do Azure? SIM, isto será possível em breve no seu ambiente de produção, o Azure permitirá executar captura de pacotes e testes de rede como tracert direto no console, será um trunfo no troubleshoot de falhas de rede que possam ocorrer em seu ambiente, e tudo isso será possível sem instalar ferramentas de terceiros (Imagem de exemplo abaixo).

Managed Disks

Uma nova possibilidade que existe agora no Azure, é a de criar discos como objetos, isso mesmo, ao invés de criar contas de armazenamentos e posteriormente adicionar os discos as mesmas, você simplesmente pode criar um Managed Disk, que nada mais é um recurso ARM que garante maior facilidade no gerenciamento dos mesmos (Imagem de exemplo abaixo).

 

 Novos recursos de VM Scale Sets

O recurso de elasticidade para máquinas virtuais agora tem uma capacidade maior, você pode escalar até 1.000 VMs em apenas um conjunto de elasticidade, com isso poderá atender demandas de cargas maiores, além disso, não é necessário criar as storage accounts para armazenar os discos, você poderá utilizar Managed disks.

Azure Analysis Services em Public Preview

Um dos recursos do SQL Server que sentimos falta quando trabalhamos com Azure SQL Database é o Alalysis Services, para atender esta demanda a Microsoft está desenvolvendo o mesmo em PaaS, e que já está disponível para testes, este feito é um grande salto para aumentar a capacidade e qualidade do seu ambiente na nuvem, o preview está disponível para as regiões  North Central US, Brazil South, Southeast Asia, North Europe, West Europe, West US, South Central US, East US 2 e West Central US.

Larger block blobs

Para quem utiliza Block blobs, sabe bem que o tamanho máximo por arquivo armazenado era de 195GB, com esta novidade hoje é possível armazenar arquivos de até 4.77TB. Esta capacidade já está disponível para todos os usuários que desejarem criar uma nova conta de armazenamento ou para as contas já existentes e em todas as regiões do Azure.

 

Link com todas as novidades: website version

 

Diogo Bacelar

Cloud Specialist